especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Indústria e Comércio - 10/07/2009 - 08h40

Senai forma primeira turma de operadores industriais para ETH Bionergia de Nova Alvorada do Sul















Por Redação Pantanal News/Daniel Pedra

Os 30 formandos vão atuar na fabricação de açúcar, álcool e co-geração de energia na Usina Santa Luzia I

O Senai formou, em parceria com a ETH Bioenergia, a primeira turma de operadores industriais para o setor sucroalcooleiro. Após dez meses de esforço e aprendizado, a primeira turma de 30 profissionais recebeu o certificado de conclusão do curso e vai atuar na fabricação de açúcar, álcool e co-geração de energia na Usina Santa Luzia I, do Grupo ETH Bioenergia, localizada no município de Nova Alvorada do Sul.

O superintendente da Usina Santa Luzia, Max Eduardo Bruno, lembrou a excelência do Senai na qualificação dos profissionais. “A ETH Bioenergia é uma empresa que tem compromisso com a ética, o meio ambiente, a segurança no trabalho e a valorização das pessoas. Em parceria com o Senai, desenvolvemos esse projeto de formar mão-de-obra capacitada e altamente qualificada e competitiva para operar no mercado”, ressaltou.

Max Bruno completou que entre 180 pessoas apenas 30 foram escolhidos. “Agradeço a dedicação de cada um e aos instrutores do Senai pelo trabalho árduo e de qualidade que realizaram”, reforçou, acrescentando que o compromisso da ETH Bioenergia é com a qualidade de seus produtos. O curso teve 1600 horas de duração, 960 horas-aula para módulos teóricos e 640 para estágio, voltado para profissionais que atuam em processos de fabricação de açúcar, álcool, utilidades e co-geração de energia elétrica.

 “Queremos que nossos colaboradores assumam os processos industriais com maior autonomia, multiqualificados e com conhecimentos técnicos gerais”, ressaltou Mauro Magenta, responsável pelo Programa de Desenvolvimento de pessoas da ETH Bioenergia, acrescentando que o investimento na formação dos profissionais é de cerca de R$ 11 mil por operador.       

O gerente do Senai de Dourados, Gilberto Evídeo Shaedler, destacou o papel da entidade em formar profissionais qualificados para imprimir competitividade às empresas do Estado. “O Senai empenhou-se e sente-se orgulhoso em ser parceiro de uma empresa do grupo Odebrecht, que tem valores voltados para a educação das pessoas e está comprometida com o desenvolvimento do Estado. Desde agosto do ano passado quando iniciamos este curso, procuramos garantir uma formação global para os profissionais que vão atuar na usina Santa Luzia”, disse, agradecendo alunos e instrutores.

O prefeito de Nova Alvorada do Sul, Arlei Silva Barbosa, enfatizou que o município deve se desenvolver mais com a instalação da usina e que as parcerias com o Senai na qualificação de mão-de-obra despertarão o interesse de grandes empresas para se instalarem no Estado. “Nova Alvorada do Sul vai dar um grande passo rumo ao desenvolvimento com a vinda dessa usina do Grupo Odebrecht, que decidiu investir no nosso município também pela disponibilidade de qualificação de mão-de-obra que o Senai se propôs a fazer”, pontuou.

 Oportunidade

Aos 23 anos, Lucas Souza Brizue acaba de se formar como operador industrial e conta que trabalhava vendendo motos, conseguindo renda de R$ 650 por mês, mas estava a procura de uma profissão que garantisse desafios e melhoria na qualidade de vida. “Quando surgiu o processo seletivo, logo pensei na possibilidade de melhorar as condições do meu futuro, mas não imaginava que já sairia empregado e com a possibilidade de fazer carreira numa multinacional. Por isso quero continuar estudando porque sei que encontrarei as oportunidades no meu próprio local de trabalho. O Senai com certeza me ajudou a enxergar novas e grandes possibilidades na minha vida”, disse.

Casada e com dois filhos de 8 e 10 anos de idade, Simone Romualdo Kuaris explica que era funcionária pública no município, mas decidiu abandonar a profissão que exerceu nos últimos cinco anos para buscar uma colocação profissional num dos setores que mais cresce em Mato Grosso do Sul. “Esse setor sucroenergético está crescendo muito e nós estamos entre os primeiros profissionais formados, isso garante um passo a frente nas oportunidades que surgirão. Entrar numa empresa como esta com um certificado do Senai é ter um futuro garantido”, afirmou.

ETH Bioenergia

 Empresa controlada pela Odebrecht S.A. em associação com a trading japonesa Sojitz Corporation, a ETH Bioenergia atua de forma integrada na produção, comercialização e logística do setor de bioenergia – etanol, energia elétrica e açúcar. Tem como objetivo estar entre os líderes do setor até 2015 e planos de investimentos de mais de R$ 6 bilhões no desenvolvimento de três pólos produtivos, localizados nos Estados de São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul.

O gerente Administrativo e Financeiro, Antonio Carlos de Carvalho, explicou que o Grupo Odebrecht está investindo R$ 450 milhões para a construção das duas unidades da Usina Santa Luzia em Nova Alvorada do Sul. De acordo com ele, a expectativa é que a empresa comece a operar no próximo mês de setembro, com uma planta totalmente informatizada gerando 1,5 mil empregos, sendo 900 postos de trabalho diretos.

 “Vamos começar já produzindo 250 milhões de litros de álcool hidratado, além do açúcar e da geração de energia elétrica que será 130 MegaWatts. Para a safra 2012/13 a meta é moer 5 milhões de toneladas de cana processada”, informou Antonio de Carvalho.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/12/2013 - 06h00
Indústria fecha 2013 com crescimento de 17,4% e Fiems estima avanço de até 12,2% para 2014
21/03/2013 - 09h05
Páscoa gera otimismo nos empreendedores da Capital
21/03/2013 - 08h57
Semana de Desenvolvimento trará exposição de produtos
19/03/2013 - 15h57
Bancos, telecomunicações e comércio eletrônico têm novas regras
19/03/2013 - 15h45
Plano nacional amplia rede de proteção ao consumidor
 
Últimas notícias do site
19/12/2014 - 09h42
Confira as ocorrências dos Bombeiros nas últimas horas
19/12/2014 - 07h01
Termina nesta sexta prazo para pagamento da 2ª parcela do 13º
19/12/2014 - 06h54
Ceia de fim de ano fica 10,58% mais cara em 2014, aponta pesquisa em MS
19/12/2014 - 06h53
Embarque no terminal rodoviário tem reajuste de 6,33% na capital de MS
19/12/2014 - 06h50
Indústria cresceu 12,7% e faturou R$ 35,3 bi em 2014, diz federação de MS
 

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.