CARNAVAL CORUMBÁ 2018 II
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Polícia - 12/01/2018 - 15h07

Fazendeiro é autuado em R$ 20 mil por erosões, degradação e assoreamento de córrego




Fotos: Divulgação PMA










Por Assessoria / Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – Durante vistorias nas propriedades rurais do município, Policiais Militares Ambientais de Rio Negro localizaram ontem (11) em uma fazenda, diversas erosões e outras degradações ambientais, inclusive, em áreas protegidas de preservação permanente (APP). Na propriedade rural, a PMA verificou que o gado era mantido adentrando as matas ciliares de um córrego denominado Água Amarela, afluente do rio Negro, os quais cortam a propriedade.

A falta de conservação do solo na propriedade e o pisoteio dos animais fizeram com que ocorressem diversos processos erosivos e fossem carreados sedimentos, causando assoreamento do córrego e consequentemente do rio Negro. Devido a falta de proteção do solo e das matas ciliares, houve também ainda erosões de grande porte no local e da margem do córrego.

As atividades foram paralisadas. O fazendeiro (95), residente em Corguinho, foi autuado administrativamente e multado em R$ 20.000,00. O autuado também responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP). A pena é de um a três anos de detenção.

O infrator foi notificado a apresentar junto ao órgão Ambiental Estadual um Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada (PRADA). 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/01/2018 - 08h32
Fazendeiro é autuado em R$ 159 mil por desmatamento ilegal
18/01/2018 - 08h35
PMA prender caçador com armas e munições
17/01/2018 - 08h01
Fazendeiro é autuado em R$ 15 mil por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/01/2018 - 13h25
Com uso de drone, PMA autua em R$ 43 mil fazendeiro por desmatamento
13/01/2018 - 08h15
Fazendeiro é multado em R$ 10,5 mil por desmatamento ilegal
 
Últimas notícias do site
19/01/2018 - 08h32
Fazendeiro é autuado em R$ 159 mil por desmatamento ilegal
19/01/2018 - 07h35
Carnaval de Corumbá terá Axé Blond, Revelação e baterias da Mangueira e Gaviões da Fiel
19/01/2018 - 07h10
Carnaval de Corumbá: atrações tem até hoje para realizar cadastro
19/01/2018 - 07h05
Carnaval de Corumbá: blocos oficiais iniciam ensaios e enredos falam de temas atuais
19/01/2018 - 06h25
Semana chega ao fim com chuva rápida e temperaturas de 37°C
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.